It’s Britney, bitch (por Nathália)

Blackout

Esse post foi escrito – a maior parte – há um tempo, mas o blog foi deixado de lado e o post ficou como estava, inacabado.
Como eu inventei de reviver isso daqui e tem gente que abraçou a causa (=D), mudei umas coisinhas do post já que há news da Brit, e lá vai um post pros meninos e meninas leitores deste blog.

Olhando uns sites por puro ócio,  acabei vendo as fotos do supershow da nova turnê  da Britney Spears, Circus. Lembrou os áureos tempos da Britney, a princesinha do pop. Não tinha pra ninguém com a Britney antes daquela história de ter filhos, casar e surtar. É porque a Brit pudia ser tudo o que queria, menos mamãe gorda e dona-de-casa. Mas como ela adora inovar e fazer coisas que todos duvidam, essa foi sua opção: largar o lindo, charmoso, talentoso, tudodebom Justin Timberlake e casar com Kevin Something-I-don’t-remember-now. Inexplicável. Não há comparação entre o Justin – que é um semi-deus – e o tal do Kevin. Mas sei bem que no coração não se manda, nós não escolhemos de quem gostamos, muito menos o quanto. Bem, casou. Teve um filho. Teve outro filho. Se separou. SURTOU.

Não contente em estar gorda e acabada, aquela loirinha bonitinha, simpática e que não tinha 1% de gordura corporal sumiu e deu lugar a uma  Britney sem cabelo, metida em vários escândalos, agressiva com a imprensa e vestindo tamanho XL. Como ela pôde mudar tanto em tão pouco tempo e aos poucos afundar sua carreira, que até então era brilhante?!

Após vários momentos, um pior do que o outro, eis que reaparece Britney gorda, dura e desengonçada na abertura do VMA de 2007. AGORA SIM. “Acabou com o que restava de reputação”, pensei. Apesar disso, aí começou a volta dela – meio ruim, mas melhor que nada -, com o álbum Blackout e os singles Gimme more, Piece of me – e o cacarejo – e Break the ice. Já com o novo álbum, Womanizer e o mais atual Circus, que dá nome ao álbum. Todos bem colocados na Billboard Hot 100.

Parece que a Britney se aquietou e está retomando sua carreira, para a alegria de todos, da melhor forma possível. De Chuck, o boneco assassino, passa a ser a “velha” e linda Britney. Com uns quilinhos a mais ainda, mas nada que academia e uma dieta não resolvam. É, no caso dela uma lipo até que ia bem.

Ainda não podemos ver a Britney assim como era há uns anos atrás, mas ela vai chegar lá, believe me!

PS1: Ela fica melhor morena, não acham?

Anúncios