Don’t go away, Oasis

(...)The night was amazing. Amazing. Amazing.

12 de maio de 2009, Oasis em Porto Alegre: AMAZING, nas palavras do próprio Noel Gallagher. Foi absolutamente inesquecível.

Havia muita gente na fila desde cedo, de todos os cantos do Estado e do País. O pessoal muito simpático, conversando como se há anos se conhecessem, falando sobre as músicas preferidas, os shows que gostariam de assistir, o que fazem, estudam, onde moram… Enfim, era praticamente um questionário (daqueles que todo mundo um dia já respondeu no colégio). Lá eu conheci os Pedros. Mas isso não é história pra esse post hahaha

Como uma fã que se preze, me apertei, fui esmagada, levei cotovelada e muitas pisadas nos pés, mas fiquei lá na frente.  Começou bem a noite com o show de abertura da Cachorro Grande. Mesmo quem não é fã ou não conhecia a banda, gostou do som dos caras – Helter Skelter foi demais! Após, a expectativa pelo  main show tomou conta daquele  Gigantinho lotado. Lembro que ao me virar um pouco antes de começar, não vi lugar para mais uma formiga nas arquibancadas, nem nas cadeiras. LO-TA-DO. Queria saber explicar o que senti ao ver Oasis entrando naquele palco. Ver a tua banda preferida, ali, bem pertinho, na tua frente, sendo que até então só tinha os visto graças ao VocêTube… É algo inexplicável. Aliás, bem na minha frente estava o Noel, como vocês vêem pela foto acima. Foi lindo, unforgetable.

O show teve vários pontos altos – se bem que, para mim, o show todo foi um ponto alto. O início com Rock’n’roll star levou todos ao delírio. Entretanto, merecido é o destaque às músicas Wonderwall e Don’t Look Back in Anger, pois comoveram demais; foram momentos muito, mas, muuuuuito emocionantes. Nem preciso dizer que chorei, né?! haha Chorei litros. Wonderwall, por ser a mais conhecida, deu a impressão de ter sido a música que o pessoal cantou mais alto. O Liam até deixou que o público cantasse o refrão sozinho – pra quem não sabe, dificilmente ele deixa o pessoal cantar sozinho. Já Don’t Look Back in Anger, em versão acústica, foi linda, linda, linda, linda, linda… O pessoal cantando com o Noel, de coração, assim. Outras músicas também marcaram: Lyla, The Masterplan, Champagne Supernova, etc. E O fim com I am the Walrus (Goo goo g’joob!), foi DEMAIS.

Saí de lá muito feliz, realizada. Sem voz, meio por culpa da gripe que já estava se manifestando e que me pegou de vez após o show, mas muito pela euforia de poder cantar com Oasis, ao (muito) vivo. Também deixou um pouco de saudade já ao sair do Gigantinho – que, preciso registrar, estava virado em puro barro -, pois é/foi algo muito especial pra se ter uma vez só. Por isso o nome do post. No blog do Noel, ele diz um “hasta luego” ao fim do post sobre os shows aqui na América do Sul; e eu mal posso esperar pelo luego…

Então, queridinhos, demorou o relato do show no blog, mas aqui está. Muita gente já estava me cobrando os detalhes e tal. Ah! Fiquei afônica até sexta-feira, 15, para vocês terem uma idéia. E a gripe continua! Quem quiser os vídeos e fotos do show, já estou atendendo os pedidos hahaha

Beijos!

Anúncios

Oasis em Porto Alegre, nada nhé e cué =D (por Nathália)

Chega de top four barangas por aqui. Não tenho idéia pra este post ainda, mas… AHÁ! JÁ SEI. *aqui surge o nome do post*

Leitores deste blog, saibam que quem vos escreve é uma guria MUITO animada agora, porque ao lado do meu computador tem um envelope azul da Ticketmaster. O que realmente interessa está dentro do envelope, ou melhor, o que representa o que está dentro do envelope. SIM, SIM, SIM, é o ingresso pro show do Oasis =D

Pra quem me conhece, sabe que eu sou apaixonada por Oasis – banda da Inglaterra, daqueles irmãos que estão sempre brigando, mas se amam e por isso não se separam, apesar das 900 000 discussões – desde muito tempo. Acho que é a única banda que eu realmente gosto, de ter CDs e DVDs, de cantar todas as músicas, de ser fã mesmo. Achei que não veria um show deles até uns tempos atrás. Entretanto, em razão do novo CD, o Dig Out Your Soul, que é muito bom por sinal, lá vem eles pro Brasil, e siiiiiiiim, para PORTO ALEGRE.

O show provavelmente vai ter a playlist de sempre e pro meu azar não vai tocar Live Forever, a minha preferida. Tem até um vídeo meu cantando ela, procurei aqui agora, mas não achei… pra sorte de vocês, leitores hahah

Mas terá Slide Away, assim como Champagne Supernova e – ai, meu coração – Don’t Look Back in Anger.

A proposta era falar sobre a banda e o show, mas estou empolgada demais para fazer isso, então restou falar sobre a minha euforia. Agora é só esperar pelo dia 12 de maio e guardar bem guardado esse ingresso hahah

PS: Thaleeeeees, vai ter show no Rio também, eu sei que tu quer ir, tá aí a chance! xD
PS2: Renan, se eu fosse tu, iria certamente hahahah